Grupo intercepta e incendeia dois ônibus em Salvador

Um grupo interceptou dois ônibus lotados de passageiros, na avenida Paralela, em Salvador (BA), e ateou fogo aos veículos. O caso foi registrado nessa sexta-feira (13). Antes de cometerem o crime, eles mandaram os ocupantes dos veículos descerem. Ninguém ficou ferido.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, pouco antes do ato criminoso, um protesto era realizado nas proximidades por causa de uma ação policial que teve como resultado a morte de um adolescente.

Policiais militares, civis e bombeiros estiveram no local onde os ônibus foram queimados. Agentes do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos investigam o caso.

Na manhã desta sexta, o soldado da PM Jaílson César dos Santos Medes foi morto após reagir a assalto dentro de um ônibus na avenida Paralela. Um dos suspeitos se entregou à polícia e contou que entrou em luta corporal com o policial e um adolescente que o acompanhava no assalto pegou sua arma e atirou. O adolescente não foi encontrado.

Não há informações oficiais sobre a relação entre a morte do soldado, a ação policial no bairro de Pernambués e o incêndio nos ônibus.

COMPARTILHAR