Prazo de inscrição para CNH Social é prorrogado no interior do ES

  • terça-feira, 9 de outubro de 2012, 23:31

O prazo de inscrições para o programa CNH Social no interior do Espírito Santo foi prorrogado e os interessados terão até domingo (21) para se cadastrar. A ampliação do prazo tem como objetivo dar aos candidatos mais tempo para a obtenção dos documentos exigidos no ato da inscrição e para o acesso à Internet. As inscrições devem ser feitas por meio do site www.cnhsocial.es.gov.br, e também podem ser realizadas no Incaper e nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) dos municípios.
Com 12.170 inscritos até o momento, a CNH Social no interior faz parte do Programa Incluir, do Governo do Espírito Santo, e objetiva a inclusão de pessoas de baixa renda no mercado de trabalho. Este já é o segundo ano do programa, que triplicou as vagas em relação a 2011, passando de 500 para as 1.500 vagas.
Para participar, os candidatos devem pertencer a uma das seguintes categorias: desempregados há mais de dois anos, beneficiários do Programa Bolsa Família, egressos do sistema prisional ou alunos da rede pública de ensino que comprovem bom desempenho escolar. Além disso, devem ter renda familiar de até dois salários mínimos.
Também são requisitos estabelecidos pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para participar do programa: ser maior de 18 anos e legalmente capaz de responder por atos ou crimes, saber ler e escrever, possuir Carteira de Trabalho, CPF, Carteira de Identidade ou equivalente, comprovar domicílio ou residência no Estado do Espírito Santo e não estar judicialmente impedido de possuir a CNH.
Como se inscrever
Os candidatos deverão acessar o site www.cnhsocial.es.gov.br e preencher um formulário com seus dados de acordo com a categoria escolhida. O sistema vai selecionar os candidatos inscritos, que serão chamados para comprovar os dados fornecidos.
Ao preencher o formulário, os candidatos devem ficar atentos à categoria escolhida e ao número de CPF. Estas informações não poderão ser trocadas caso o candidato encerre sua inscrição. Já os demais dados do formulário podem ser alterados posteriormente, no campo de acompanhamento da inscrição, na página do programa.
Uma equipe de técnicos do Detran|ES ficará responsável pela verificação dos documentos apresentados com os dados declarados. Por fim, os selecionados receberão uma autorização para procurar um Centro de Formação de Condutores e efetuar a matrícula.
Caso o candidato fique reprovado ele terá direito a fazer uma nova prova. Se ficar novamente reprovado, ele só poderá entrar no programa outra vez depois de três anos.
Com a ampliação do prazo de inscrição, a lista dos selecionados sairá na data provável de 24 de outubro e a comprovação da documentação exigida será feita a partir de 12 de novembro.
Distribuição
Do total de vagas para o interior, 30% serão destinadas a desempregados há mais de dois anos, 40% aos beneficiários do Programa Bolsa Família, 20% aos alunos da rede pública de ensino que comprovem bom desempenho escolar e 10% para egressos do sistema penitenciário.
Das vagas oferecidas, 50% serão para a primeira habilitação e as demais 50% para mudança de categoria. Neste último caso, 80% serão para quem quiser obter a categoria “D” (ônibus) e 20% para categoria “E” (carreta).
A CNH Social será fornecida, gratuitamente, para cerca de 10 mil motoristas até 2014. O custo das carteiras será pago pelo Governo do Estado, por meio do Detran|ES, autarquia vinculada à Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop). Nos quatro anos de programa, o investimento na CNH Social será de, aproximadamente, R$ 17 milhões.
Sobre o Autor

ronny peterson escreveu 1707 notícias neste portal.

Deixar um Comentário

Gravatars são pequenas imagens que podem demonstrar sua personalidade. Você pode ter a sua acessando gravatar gratuitamente!

© 2012 - Desenvolvido por Webmundo Solucoes Web - Todos Direitos Reservados.